quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Desejos incontroláveis

Mais um dia sem o que quero. Mas o que quero? Filmes de cinema? Consolo dos amigos? Dinheiro? Carinho fraternal? Não é fácil me satisfazer. Não é fácil se satifazer com tantas opções de escolha. Sempre escolhemos o que nos agrada no momento como um forma de aliviar o vazio que sentimos, o abandono que sentimos, a carência que sentimos...

Nenhum comentário: